Regulamentos estão em andamento para grandes oportunidades de apostas esportivas no Brasil

Regulamentos estão em andamento para grandes oportunidades de apostas esportivas no Brasil

Regulamentos estão em andamento para grandes oportunidades de apostas esportivas no BrasilTendo atendido e participado de um painel de discussão durante a Online Gaming Summit em São Paulo, Hervé Schlosser, CEO da Sportnco, dá seu feedback sobre os novos regulamentos que estão sendo trabalhados no parlamento brasileiro e podem transformar o país em um dos maiores mercados regulamentados do mundo para o setor de apostas on-line e terrestres.

SBC Americas: Quais são as últimas notícias sobre regulamentação do setor de apostas esportivas no Brasil?

Hervé Schlosser: Uma lei foi finalmente votada pelo Congresso que pela primeira vez legalizará e regulamentará as apostas esportivas online e offline no Brasil. Agora estamos aguardando o decreto que definirá os regulamentos. Deve ser publicado durante o primeiro trimestre de 2020, abrindo caminho para uma abertura real do mercado no segundo semestre de 2020.

SBCA: Você tem mais detalhes sobre os aspectos financeiros deste regulamento?

HS: A taxa de imposto é baseada no volume de negócios: 3% para online e 6% para offline. A indústria está sempre pressionando por uma regulamentação com base na receita bruta de jogos, que é a receita real das operadoras e, portanto, muitos participantes da indústria ficam desapontados com essa taxa de imposto.

No entanto, é importante lembrar que uma taxa de imposto de 3% para apostas on-line está muito abaixo dos 8% a 9% do volume de negócios experimentado em Portugal e na França. Nesses países, os operadores precisam realmente lutar para gerar margens; e não há muitos operadores (13 para esportes na França, mas ainda existem mercados substanciais: são esperados mais de 1 bilhão de euros em GGR em 2019, com um crescimento anual de 25% nos últimos quatro anos. uma licença nas empresas brasileiras precisará apresentar uma garantia financeira de aproximadamente € 4M.

O licenciado também terá a possibilidade de negociar acordos com sublicenciados.

SBCA: Qual é o tamanho potencial do mercado brasileiro?

HS: Com base nas estimativas da KPMG de 2017, o mercado de apostas esportivas on-line pode valer cerca de US $ 2 bilhões em seu primeiro ano de atividade regulada, enquanto o Morgan Stanley diz que o mercado brasileiro pode valer cerca de R $ 1,6 bilhão anualmente dentro de cinco anos. Em um país com uma população de 211 milhões, louca por esportes e futebol e com grande potencial de crescimento, essas previsões mostram que, para o setor de jogos de apostas, o Brasil realmente é uma terra de oportunidades

SBCA: Quais são os planos da Sportnco para este mercado recentemente regulamentado?

HS: Iniciamos nosso desenvolvimento na América Latina em 2019, começando com a Argentina e a província de Buenos Aires. Em parceria com um de nossos clientes europeus existentes, atendemos a todos os requisitos técnicos para solicitar uma licença na província de Buenos Aires. Como você sabe, o processo foi interrompido por razões políticas, mas deve ser reiniciado no futuro próximo.

No Brasil, assim como em outros mercados sul-americanos regulamentados ou em breve, oferecemos nossa solução turnkey exclusiva para apostas esportivas, que inclui software, gerenciamento de probabilidades e riscos, serviços de web design e marketing para:

  • Clientes europeus existentes que desejam crescer na América Latina e
  • Novos clientes que já operam na América Latina e desejam desenvolver suas atividades online.

Dependendo das especificidades da regulamentação e fatoração brasileiras no tamanho do mercado, também podemos considerar a possibilidade de tirar uma licença, não para usar como operadora, mas para celebrar acordos de sublicença com operadoras que também usariam nossa tecnologia e serviços no mercado.

Notícias relevantes